O que Aprendi como Blogueiro Profissional em 2012?

Primeiro que o mundo realmente não acabou e diante disso, temos que continuar firme na estrada virtual, ate porque, muita coisa mudou e vai claro, continuar mudando.

Finalmente completei 3 anos que trabalho no mundo dos blogs e diante disso, posso afirmar que 2012 foi o ano em que muita coisa mudou por aqui, seja nas fontes de trafego e de renda, já que novos anunciantes fixos chegaram assim como novas boas fontes de trafego, mas também tive a infelicidade de ser pego em algumas atualizações do principal buscador, que andou afetando muita gente blogosfera afora.

Não veja o que vou dizer abaixo como algo desmotivador, pelo contrário, é possível ganhar dinheiro à partir de casa e eu estou aqui ainda, firme e forte para contar história, mas uma coisa é realmente fato,

A cada dia se torna mais difícil ganhar dinheiro blogando da forma tradicional, que seria a de manter um blog com os clássicos anúncios do google adsense.

Digo isso porque dia a dia, em cada nova atualização do buscador, percebo que os blogs estão mesmo ficando para segundo plano, e as primeiras posições estão cada vez mais ocupadas por sites funcionais com algo mais a oferecer (seja um produto, fórum, dados da própria empresa, etc), e nisso, quem antes ganhava um bom dinheiro apenas escolhendo um domínio e criando alguns artigos (como também era o meu caso), o ano de 2012 veio para não acabar com o mundo, mas com essa forma e pensamento de se atuar diante dos blogs.

De agora em diante, não basta apenas ter um bom blog, para conseguir chegar ao ponto de ser o queridinho do buscador, é preciso ter um projeto que seja verdadeiramente funcional e com um propósito bem definido. Seja vender algo sólido, seja divulgar os dados da empresa, seja preencher o visitante com toneladas de informações sobre o que ele procura, enfim, mas aquela de simplesmente querer o visitante para ganhar no clique do anúncio, bem, isso realmente não anda funcionando mais como antes.

Se o Projeto não for bom o bastante e não tiver certa influência de outros importantes canais externos (incluindo os sociais), é certo de que os milhares de visitantes não venham mais, a não ser por um mero golpe de sorte (como disse no início, minha mera opinião).

 Não acho que isso seja pelo Aumento da Concorrência!

Já li por ai que isso possa ser apenas uma questão do aumento na concorrência entre os blogs e blogueiros, que agora se multiplicarão aos montes e estão blogando sobre muitos assuntos repetidos (aqueles em que supostamente se ganha mais dinheiro).

Sinceramente, acho que isso não tem nada Haver! 

Alias, acho que uma coisa não tem absolutamente nada haver com a outra.

A concorrência já existe há anos e vai continuar existindo, isso se referindo à concorrência sadia ou não entre os mais diversos blogs e blogueiros. O problema com o trafego orgânico é geral, incluindo o mercado de outros países, como o americano (que é o mais forte).

O que acontece é que o buscador, que dita às regras do jogo mudou e vai continuar mudando, e nisso, quem não se adapta de alguma forma, tende a ir perdendo posições e visitas conforme os passar das atualizações.

Se não entendermos que agora não basta mais ter um blog funcional, mas sim um PROJETO Virtual que seja realmente funcional, nenhuma das suas diversas mudanças vai resolver o problema com a queda do tráfego.

Agora mais do que nunca é preciso pensar como o visitante que acessa seu projeto e nisso, é necessário levar algumas questões em consideração como, “porque ele ficaria mais de 1 minuto por aqui?”, quais páginas acessaria de cara?”, “será que aqui está à verdadeira resposta para o que ele procura?”, enfim, acho que estas e muitas outras são respostas que devemos procurar responder, antes de responder aquela clássica e egoísta questão sobre “onde vou deixar os anúncios para maximizar meus ganhos?”.

Acho que agora não devemos mais ser tão gananciosos e pensar apenas no bolso, primeiro devemos deixar a coisa toda pronta para o visitante, para somente após, pensar em uma forma de colocar a publicidade de forma sutil em algum canto, de modo a não tomar toda a atenção dos que passam por ali.

Essa é minha opinião quanto aos ganhos de agora em diante para quem pensar em entrar no mundo dos blogs.

Lembre-se, Apenas criar o blog e colocar os anúncios por ali, já não bastam mais como em muitos ebooks do passado (escritos ate o final de 2012).

É preciso diversificar cada vez mais os Ganhos e as Formas de Tráfego!

Se hoje você ainda tem o buscador principal como sua maior fonte de tráfego, tome muito cuidado, pois seus dias como blogueiro podem estar contados.

Eu sei que é muito difícil ter outra fonte de trafego tão forte e sólida quanto, mas é preciso ariscar e testar outras formas, maneiras e possibilidades, já que a tendência que vejo nos dias de hoje é que o tráfego para os blogs vai continuar caindo. Principalmente se você tem o típico formato de blog, como disse, é preciso ter um Projeto VIRTUAL extremamente funcional e não mais um simples blogs para continuar ganhando a atenção do grande buscador.

Veja que o Facebook continua crescendo e nessa, o comportamento das pessoas online também anda mudando já que milhares que antes ficavam horas pesquisando no buscador, hoje ficam horas e horas dentro do Facebook, então, se você não tem uma forte presença por lá (seja em participações na sua página ou na forma de anúncio), você está seguramente perdendo presença online.

Procure ao máximo diversificar sua renda e agora, MAIS DO QUE NUNCA, não dependa de uma única fonte ou forma de ganhar dinheiro.

Eu quero e vou continuar firme como blogueiro em 2013, mas também vou continuar ganhando dinheiro de diversas formas e maneiras, pois sei que com todas estas mudanças o rendimento do ponto A pode acabar amanhã sem deixar nenhum motivo.

E nessa hora, sentar e chorar não vai resolver o meu ou o seu problema!

Se você se considera um Blogueiro Profissional ou busca isso com unhas e dentes, então sabe que precisa agora, mais do que nunca, ser um verdadeiro empreendedor frente ao seu negocio online e como diz Sun Tsu, FAÇA O QUE DEVE SER FEITO para que 2013 seja o seu Ano.

Esqueça os Problemas e foque as Soluções!

Não adianta se lamentar ou continuar tentando entender o que aconteceu com o buscador, com seu blog, com as visitas, enfim, garanto que vai perder um tempo precioso com tudo isso e no final das contas, vai perceber que não adiantou ficar horas (e dias) pensando sobre isso.

Enquanto isso, pegue seu tempo e se dedique apenas em estruturar seu atual projeto para ele verdadeiramente se tornar uma referência online, um projeto virtual sólido e repleto de informações e principalmente, um projeto que tenha um real propósito online e não apenas um slogan para falar que tem e mais nada.

Torço para que consiga prosseguir no caminho virtual e mais do que isso, que consiga prosperar na Internet em 2013, independente do segmento, fonte de trafego ou forma de ganho que consiga obter.

Se você tem um sonho de se tornar um verdadeiro empresário virtual de sucesso, corra atrás do seu sonho, porque se você não o fizer, ninguém o fará por você!

Essa era minha mensagem a todos os blogueiros que me acompanham e claro, se precisar de ajuda ou queira simplesmente bater um papo com quem está no mesmo barco que você, estou sempre aqui na WRG.

Abraços e Feliz 2013 Blogueiros!

Rogerio Gomes

3 Comentários

  1. Olá Rogério!

    Faz um bom tempo que parei de lamentar (chorar elo leite derramado) e comecei a focar na procura da solução pata tal problema.

    Eu não senti muito as atualizações,pois ainda não possuo tantos blogs,ou um que recebe milhares de visitas.Eu sempre otimizo as poucas visitas para que façam algo,seja clicar em algo ou cadastrar no formulário.

    Esse ano pretendo, e vou cumprir, criar novos projetos e diversificar mais ainda as fontes de trafego e renda como você cita no artigo.

    Abraço e um 2013 de mais sucesso para você!

  2. Legal Rogério! No momento uso duas formas para divulgar meu trabalho. A primeira é um anuncio no guia de noivas, (1.200,00 RS/ano), a segunda é o blog (15,00 RS/ano). E quando meus clientes me ligam uma grande maioria diz que me encontrou através do google, sinal que estão mais ligados em pesquisas por internet, do que com os anúncios em guias e revistas. Então apesar de não me achar um bom blogueiro estou pensando em investir seriamente em meu blog, divulgá-lo em minha loja, e aplicar este dinheiro do primeiro anuncio em brindes e sorteio para meus clientes através do blog. Será que seria uma boa idéia para divulgar melhor meu negócio em minha região? Porém fico em cima do muro, achando que nem todas as pessoas pesquisam através da internet. E depois que li este artigo fiquei com mais receio ainda. Vá que meu blog pare de aparecer nas pesquisas? Aí eu to na roça.

    • Na Verdade Reinaldo, este artigo e as minhas futuras projeções nele, de que os blogs estão cada vez mais sendo deixados de lado, é voltada principalmente para blog que usam as clássicas publicidades para gerar algum tipo de renda.

      O seu projeto já tem um propósito maior, que é a de divulgar seu trabalho profissional e assim como um determinado projeto que tenho voltado para venda de produto, tem algo a mais do que uma simples publicidade.

      Este tipo de blog não costuma ser afetado, pois tem um objetivo maior do que o visitante entrar e clicar nos anúncios para gerar renda, e mais nada.

      Na Minha Opinião, deveria ariscar por um mês apenas anunciar diretamente no Google Adwords, ao menos uns 150,00 e monitorar o retorno dentro do período para saber o que seria melhor para você. Às vezes ter e manter o status de anúncio no guia pode ou não estar te ajudando então, nada melhor do que testar um novo anuncio dentro do mês e tirar a dúvida.

      Acho que vale a pena voltar às atenções para o seu blog, pois ainda é possível melhorar pequenas coisas nele, mas no geral está ótimo, pois é a sua forma de divulgar sua prestação de serviço na rede. Só procure mesmo testar 1 mês de anuncio no Google para ver se vale ou não a pena para você Reinaldo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *