Você já se cansou do seu Blog?

Voce-ja-se-Cansou-do-seu-BlogUm título um pouco atípico, mas que paira uma boa parte da Blogosfera.

Neste artigo vou abrir seus olhos com algumas dicas para você permanecer vivo e ativo com seu blog, evitando assim que um dia se pegue cansado de olhar para ele.

Antes de iniciar gostaria de recomendar o artigo: Manter um Blog ou uma Planta, qual é mais difícil?, nele procuro retratar quanto de dedicação seu blog precisa.

Para saber se você já se cansou ou não do seu blog, vou fazer algumas perguntas para constatar, tudo bem?

1- Quantas vezes ao dia você analisa profundamente os relatórios de visita?

Se sua resposta foi mais de 2, cuidado, pois seu tempo é precioso e não acho que deva ficar o dia todo analisando de cabo a rabo as estatísticas.

É fato que ela vai mudar as 10 da manhã, como as 13 e as 17 da tarde, mas calma, olhe pela manhã e depois quem sabe, a noite, ta ótimo, mais do que isso no inicio é prejudicial.

Pense sempre em quem escreve os seus artigos, ele precisa de tempo.

2- Quantas vezes por dia você entra nos ganhos do Adsense e demais programas de afiliados?

Eu sei que você quer tirar uma boa grana extra com seu blog e quem sabe ate viver dele, mas calma, nada é assim fácil, ou você acha que pela média do seu site agora, vai acontecer um milagre em 2 horas e pronto, seus ganhos no google adsense aumentaram 700%.

Vamos com calma, acho que analisar pela manhã para ver o que funcionou no dia anterior, já está ótimo.

3- Pare de se comparar e trabalhe mais no seu Projeto

É fato que ao entrar na academia, logo no primeiro dia você dá aquela famosa olhada de lado para se comprar e percebe rápido quem está com o tipo físico que você almeja.

Mas pense bem, se focar nela e esquecer do seu próprio treino, nada vai ocorrer, a não ser você parar a academia após 2 meses, alegando que não dá certo para quem não toma “bomba”.

Foi uma brincadeira, claro, mas como toda brincadeira tem um fundo de verdade, tome cuidado e não se compare tanto com os outros blogs que estão na sua frente.

Claro que observá-los é fundamental para uma aprendizagem diária, mão não foque somente nos outros, senão corre o risco de abandonar o seu treino.

Se trabalhar em cima destes fatores terá mais tempo e menos sobrecarga para escrever seus artigos.

Deixe as idéias fruírem e mantenha o controle.

Minha dica fundamental é, produza mais conteúdo, trabalhe o seu twitter, ajude os seus amigos das Comunidades e não pare, mesmo quando parecer que a gasolina está acabando.

Fique unido com algum parceiro da blogosfera, esse é o melhor caminho para aprender e se motivar no dia a dia com seu Blog.

Se fosse dar uma nota de 1 a 10 para quanto você se dedica ao dia nestes 3 fatores que citei, que nota você se daria e porque?

(1 para pouca dedicação e 10 para muita)

4 Comentários

  1. Tenho programado as coisas que eu faço com meu blog, por exemplo olho meu google anlytics uma vez por semana, quando somos iniciantes temos essa obceção pelos números e toda hora acompanhamos nosso google e isso acaba atrapalhando. Sou bem tranquilo quanto os itens que você citou

  2. Meu blog ainda está no início se comparado aos demais no ramo que escrevo. Conto com a ajuda de um grande amigo e percebi assim como você escreveu que milagres não acontecem…hehehe…
    Visito o Adsense, Analytics e um medidor online uma vez por dia….
    Observo com atenção o que meus "adversários" publicam e quais ferramentas usam… Estou aprendendo bastante com isso.
    Aliás, o melhor nisso foi fazer parceria com estes "adversários". Mesmo escrevendo o mesmo que eu e tendo as mesmas fontes, fizemos parceria. Foi fundamental. O resultado está vindo para ambos.
    Bem de acordo com o lema do meu blog, que é bem-estar e benefícios mútuos.

    Parabéns pelo post.

    • Olá Marcus,

      Fazer parceria com sites do mesmo nicho é um beneficio mutuo. Pode ate existir a concorrência, mas neste quesito a prioridade é outra.

      Continue com o Projeto, procurando sempre conteúdo de qualidade, esse é o foco.

      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *